2leep.com

30 de setembro de 2014

O mundo acabou sim - Alexandre De Oliveira Périgo


É a falência absoluta da atividade cerebral humana.

Absoluta.

Vejo gente apoiar efusivamente o PM que assassinou o ambulante na Lapa, em Sampa.

Vejo Marina Silva entre risos dizer-se "magrinha" e chamar Dilma de "gorda" numa palestra, como se isso qualificasse uma e desqualificasse a outra.

Vejo gente dizer que o astrólogo e caçador de ursos Olavo de Carvalho é "filósofo" e "muito invejado pelos esquerdopatas por sua capacidade e conhecimento".

Vejo gente enaltecendo Renato Russo e Cazuza como se Fernando Pessoa e Camões fossem.

Vejo gente criticar os programas sociais do governo federal e não se importar com os lucros imorais dos bancos.

Vejo gente legitimar o extermínio palestino por parte de Israel.


Vejo gente reproduzir notícias sem verificar minimamente suas fontes, simplesmente por ratificarem sua opinião pessoal.

Vejo gente acreditar piamente que um "golpe comunista está em curso" no Brasil.

Vejo gente que é contra o aborto mas que clama pela redução da maioridade penal.

Vejo gente que recrimina o preconceito racial chamando os acusados de tal crime de "viado", "puta" e outras aberrações sexistas e machistas.

Vejo paulistanos ricos reclamarem de ciclovias e pedirem o fechamento de museus.

Vejo Obama ganhar um Nobel da Paz enquanto mata crianças árabes no atacado e no varejo.

Vejo gente dando e tomando tiros no centro de Beagá por causa de um jogo de futebol.

Vejo gente que nunca ouviu falar em Waldir Azevedo dizer que Beyoncé é uma "grande artista".

Vejo gente criticar filósofos e pensadores e que mal sabe escrever seus nomes sem a ajuda do Wikipedia.

Vejo Aécio Neves com lama até as orelhas ter a coragem de falar em "corrupção petista".


Vejo gente defendendo a meritocracia e rindo das piadas de Danilo Gentili.

Vejo religiosidade cega se propagando como fogo em palha seca, com suas divindades fantasiosas usadas como respostas peremptórias e definitivas para tudo.

Vejo gente "revolucionária" preocupada com as mazelas e injustiças humanas de toda ordem e que não dá a mínima para os próprios filhos.

Vejo gente crer de modo pueril que o 11 de Setembro de 2001 foi um "atentado terrorista contra a liberdade e a democracia, arquitetado e orquestrado por árabes infiltrados na América".

Vejo Dilma com um acentuado discurso de esquerda durante a campanha eleitoral que provavelmente sumirá após sua eventual vitória.

Vejo gente inteligente afogando-se em seus próprios egos.

Vejo ódio por todos os lados e poros; e vejo ignorância camuflada de pseudo-cultura.


É a falência absoluta da atividade cerebral humana.

Absoluta.

Os maias estavam certíssimos: o mundo acabou sim.

Só não nos demos, zumbis que somos, conta disso.

_______________________________________

Alexandre é meu camarada virtual, gente boa e pai de uma guriazinha muito linda.

4 comentários:

Anônimo disse...

Uma honra ver um texto meu aqui, amigão! Alexandre

Paulo Marcelo disse...

Antes de ofender alguem tenha ombridade de receber a resposta, covarde!

Anônimo disse...

Show de bola... É disso que precisamos... Vamos divulgar...

Alexandre Périgo disse...

Paulo, me acuse do que quiser, menos de covarde. E se te digo que nao sou covarde, é por dois motivos: minha capacidade argumentativa e meu tamanho. Se voce se sentiu ofendido com meu texto, acho que vestiu alguma carapuça, em alguma linha. E se vestiu carapuça pra algum absurdo que listei, voce nem merece meu tempo. Ja gastei linhas demais contigo. Um abração, princesa valente!

2leep.com